Quinta-feira, 3 de Julho de 2008

SOBRE A EDUCAÇÃO EM PORTUGAL: A massificação do ensino secundário após o 25 de Abril de 1974...

«A massificação do ensino secundário após o 25 de Abril de 1974 conduziu a uma degradação do meio.

 

Alunos que não estão preocupados em aprender, mas simplesmente em transitar de ano (isto é, para eles é indiferente se se aprende ou não o importante é não apresentar em casa uma rapoza). Pais mais preocupados em que os seus filhos obtenha um qualquer diploma e não que fiquem a saber algo. Pais que delegam nas escolas a acção de formação como homens e mulheres. Associações de pais sem relevância no projecto educativo dos míudos. Professores em grande número muitos deles sem qualquer apetência para aquilo que vão ensinar. Ministério preocupado com estatísticas e desligado da realidade.

 

E isto se calhar do lado dos estudantes é em parte um reflexo ao actual estado da geração 500 euros. Têm dinheiro para umas voltas e para o último grito de telemóvel mas realmente não têm dinheiro nem para poupar nem para constituir família ou fazer um projecto de vida minimamente decente.

 

Do lado dos professores estarem fartos de ser vilipendiados pelo ministério, pelos pais, pelas necessidades de contenção de despesa (que entre outras coisas lhes adiaram as perspectivas de reforma) e que estão desmotivados para motivarem os seus alunos.

Do lado dos pais acharem que quando eram alunos os seus próprios pais não terem participado dos projectos das respectivas escolas e acharem que não vale a pena acompanhar a vida académica dos seus rebentos. Além de claro haver muitos pais que só o são praticamente em questões biológicas. Não têm o mínimo de ideia do que é isso de educar os seus filhos, fazem-nos.

 

Do ministério que há 50 anos que só sabe andar a fazer experiências pensando que tem soluções simples de varinha mágica. Só que não há soluções simples para problemas complexos. O ensino, em especial o ensino secundário via de ensino, tem excesso de pessoas, alunos e professores. O ensino profissionalizante em alguns casos pode ajudar mas talvez não seja tudo.

 

Os alunos têm que ser levados a achar que é importante, é capital, aprender. Que para aprender é necessário ter atenção, é necessário estudar, é necessário tratar os professores e os colegas com educação, é necessário ser curioso, é necessário interrogarem-se sobre aquilo que ouvem aos professores, lêm nos livros e vêm nos vídeos e noutros meios, que é necessário comunicarem e saberem comunicarimos, que é necessário experimentar, é necessário que os professores sejam despoletadores e sejam modelos para os seus alunos.

 

Nos meus anos de liceu tive 2 professoras de matemática excepcionais. Uma da velha escola (douturada em matemática na Suiça, com vários trabalhos publicados, enquanto estudante de douturamento, na Principia Mathematicae uma revista de matemática dos anos 40 e 50 não o livro do Newton) e uma professora da nova escola (da altura). A característica comum às duas era que nos tentavam motivar (não era fácil estávamos nos anos de 75 e 76).

 

São necessários professores motivados e motivadores para que os alunos se interessem (com raras excepções).

 

A cena só me fez lembrar 1975, não me recordo em que mês, no Salvador Correia, onde um aluno chamou uns militares da FNLA do Rádio Clube (ao lado) para ameaçar um professor que o tinha expulso da sala de aula.»

 

Carlos Sanches

 

IN: http://globpt.com/index.php/2008/03/21/existira-educacao-em-portugal/

publicado por Alex.S. às 09:36
link do post | comentar | favorito
|

.pesquisar

.Janeiro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Isto é sobre?

. todas as tags

.as minhas fotos

.arquivos

.Contador

Free Hit Counters
Free Counter

.posts recentes

. “no final não nos lembram...

. A SENTENÇA: DECISÃO

. A SENTENÇA: FUNDAMENTAÇÃO...

. A SENTENÇA: FUNDAMENTAÇÃO...

. A SENTENÇA: FUNDAMENTAÇÃO...

. A SENTENÇA: FUNDAMENTAÇÃO...

. A SENTENÇA: FUNDAMENTAÇÃO...

. A SENTENÇA: FUNDAMENTAÇÃO...

. A SENTENÇA: FUNDAMENTAÇÃO...

. A SENTENÇA: FUNDAMENTAÇÃO...

. A SENTENÇA: OBJECTO E PED...

. «(...) portátil é perigos...

. JUNHO DE 2009 : «INTERESS...

. MAI-2009: «Ensino superio...

. JAN-2009: «NOVO MAGALHÃES...

. Um mail de uma Mãe Portug...

. DOMINGO 21-09-2008:Ass. c...

. SOBRE A EDUCAÇÃO EM PORTU...

. SOBRE A EDUCAÇÃO EM PORTU...

. SOBRE A EDUCAÇÃO EM PORTU...

. SOBRE A EDUCAÇÃO EM PORTU...

. SOBRE A EDUCAÇÃO EM PORTU...

. SOBRE A EDUCAÇÃO EM PORTU...

. SOBRE A EDUCAÇÃO EM PORTU...

. SOBRE A EDUCAÇÃO: «EXISTE...

. SOBRE EDUCAÇÃO EM PORTUGA...

. SOBRE A EDUCAÇÃO EM PORTU...

. SOBRE A EDUCAÇÃO EM PORTU...

. 02-09-2008 Fui ao Centro ...

. SOBRE A EDUCAÇÃO: SÉC. XX...

. SOBRE A EDUCAÇÃO: SÉC. XX...

. SOBRE A EDUCAÇÃO EM PORTU...

. SOBRE A EDUCAÇÃO EM PORTU...

. SOBRE A EDUCAÇÃO EM PORTU...

. SOBRE A EDUCAÇÃO EM PORTU...

. SOBRE A EDUCAÇÃO EM PORTU...

. SOBRE A EDUCAÇÃO ... NO M...

. «como alguém disse...»

. Citar por citar... também...

. «EXAMES NACIONAIS - média...

. UMA OPINIAO SOBRE O ENSIN...

. SOBRE A EDUCAÇÃO EM PORTU...

. Hoje lembrei-me de fazer ...

. SOBRE A EDUCAÇÃO EM PORTU...

. SOBRE A EDUCAÇÃO EM PORTU...

. 07-JUL-2008 TOMADA DE POS...

. 22-07-2008: IVA: banda la...

. Novas oportunidades ... v...

. SOBRE A EDUCAÇÃO EM PORTU...

. SOBRE A EDUCAÇÃO EM PORTU...