Domingo, 22 de Junho de 2008

DO DIÁLOGO

Assim que tomei conhecimento da reacção á minha exposição, marquei reunião com o Presidente do Conselho Executivo, na Escola, no sentido de resolver o mais rapidamente possível a situação e apresentar pessoalmente o meu pedido de desculpas.

 

O Presidente do Conselho Executivo considerou positivo a abertura ao diálogo e á solução do problema. Eu apresentei e referi que devia um pedido de desculpas quanto á forma como expus o assunto.

 

No seguimento do seu conselho de através de um intermediário me dirigir á docente, no sentido de lhe apresentar um pedido de desculpas e tentar por termo á situação, expus o assunto a um outro docente da Escola.

 

Contactei telefonicamente a escola, por duas vezes, deixando recado à instrutora do processo, conforme sugestão do docente com quem conferenciei.

 

Aguardei uma semana e uns dias.

 

Não obtive resposta.

 

Quando fui ouvida mediante Processo Disciplinar, expus o ocorrido.

 

A Sr.ª Instrutora lamentou o sucedido, mas que não me havia contactado, pois, na qualidade de Instrutora, encontrava-se legalmente impedida de o fazer, tendo o informado então.

 

De qualquer forma, dirigi-me á Escola ainda em Fevereiro, e contactei a docente que se mostrou aberta ao diálogo, porém remeteu o mesmo (entenda-se o diálogo), para segunda-feira da semana seguinte dia três de Março. Nesse dia teve lugar o segundo teste de avaliação ao Módulo 2, porquanto não foi conveniente.

 

No dia que ia novamente ter aula com a docente recebo a convocatória para ser ouvida como arguida e como tal parei com este tipo de diligências.

 

 

publicado por Alex.S. às 21:49
link do post | comentar | favorito
|

.pesquisar

.Janeiro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Isto é sobre?

. todas as tags

.as minhas fotos

.arquivos

.Contador

Free Hit Counters
Free Counter

.posts recentes

. “no final não nos lembram...

. A SENTENÇA: DECISÃO

. A SENTENÇA: FUNDAMENTAÇÃO...

. A SENTENÇA: FUNDAMENTAÇÃO...

. A SENTENÇA: FUNDAMENTAÇÃO...

. A SENTENÇA: FUNDAMENTAÇÃO...

. A SENTENÇA: FUNDAMENTAÇÃO...

. A SENTENÇA: FUNDAMENTAÇÃO...

. A SENTENÇA: FUNDAMENTAÇÃO...

. A SENTENÇA: FUNDAMENTAÇÃO...

. A SENTENÇA: OBJECTO E PED...

. «(...) portátil é perigos...

. JUNHO DE 2009 : «INTERESS...

. MAI-2009: «Ensino superio...

. JAN-2009: «NOVO MAGALHÃES...

. Um mail de uma Mãe Portug...

. DOMINGO 21-09-2008:Ass. c...

. SOBRE A EDUCAÇÃO EM PORTU...

. SOBRE A EDUCAÇÃO EM PORTU...

. SOBRE A EDUCAÇÃO EM PORTU...

. SOBRE A EDUCAÇÃO EM PORTU...

. SOBRE A EDUCAÇÃO EM PORTU...

. SOBRE A EDUCAÇÃO EM PORTU...

. SOBRE A EDUCAÇÃO EM PORTU...

. SOBRE A EDUCAÇÃO: «EXISTE...

. SOBRE EDUCAÇÃO EM PORTUGA...

. SOBRE A EDUCAÇÃO EM PORTU...

. SOBRE A EDUCAÇÃO EM PORTU...

. 02-09-2008 Fui ao Centro ...

. SOBRE A EDUCAÇÃO: SÉC. XX...

. SOBRE A EDUCAÇÃO: SÉC. XX...

. SOBRE A EDUCAÇÃO EM PORTU...

. SOBRE A EDUCAÇÃO EM PORTU...

. SOBRE A EDUCAÇÃO EM PORTU...

. SOBRE A EDUCAÇÃO EM PORTU...

. SOBRE A EDUCAÇÃO EM PORTU...

. SOBRE A EDUCAÇÃO ... NO M...

. «como alguém disse...»

. Citar por citar... também...

. «EXAMES NACIONAIS - média...

. UMA OPINIAO SOBRE O ENSIN...

. SOBRE A EDUCAÇÃO EM PORTU...

. Hoje lembrei-me de fazer ...

. SOBRE A EDUCAÇÃO EM PORTU...

. SOBRE A EDUCAÇÃO EM PORTU...

. 07-JUL-2008 TOMADA DE POS...

. 22-07-2008: IVA: banda la...

. Novas oportunidades ... v...

. SOBRE A EDUCAÇÃO EM PORTU...

. SOBRE A EDUCAÇÃO EM PORTU...